13 de junho de 2018 às 12:00

Abertura da Copa será em palco do choro de Misha; conheça o estádio russo

Inaugurado em 1956 e hoje chamado de estádio Lujniki, o palco de sete partidas da Copa do Mundo de 2018, incluindo abertura e final, também teve importância de peso em outro evento esportivo sediado na Rússia, a Olimpíada de 1980. Na época, o local, que f

Inaugurado em 1956 e hoje chamado de estádio Lujniki, o palco de sete partidas da Copa do Mundo de 2018, incluindo abertura e final, também teve importância de peso em outro evento esportivo sediado na Rússia, a Olimpíada de 1980. Na época, o local, que fica em Moscou, ainda se chamava estádio Lenin, nome que perdurou até 1992. 

Em 1980, quando o estádio recebeu as cerimônias de abertura e de encerramento dos Jogos, o mundo conheceu o ursinho Misha, um dos mascotes mais populares da história das Olimpíadas â?”o  animal é também símbolo da Rússia.

Na festa de encerramento, uma imagem, em especial, ficou marcada no imaginário popular: o ursinho Misha, estampado em um mosaico de coreógrafos que levantavam placas coloridas em perfeita sincronia na arquibancada, chorou â?”lágrimas caíram do seu olho esquerdo. 

O ursinho Misha foi criado pelo ilustrador Victor Tchijikov, famoso por seus desenhos para livros infantis, e levou seis meses para ficar pronto.

Já o estádio, desde que foi inaugurado, passou por várias remodelações. A realizada para a Copa foi a maior e que mais dinheiro exigiu. Iniciada em 2013 e finalizada apenas às vésperas do mundial de futebol, a mais recente reforma consumiu cerca de US$ 470 milhões (R$ 1,5 bilhão).

Até hoje, uma enorme estátua Lenin, fundador da União Soviética, ainda dá as boas-vindas aos torcedores na entrada principal.

Além da Olimpíada â?”e agora da Copaâ?”, o estádio recebeu a final da Liga dos Campeões de 2008, disputada entre Chelsea e Manchester United, e o Mundial de Atletismo de 2013.

No dia 14, o Lujniki, que tem capacidade para 81 mil pessoas, vai ser palco da disputa entre Rússia e Arábia Saudita, pontapé inicial da Copa. 

Fonte: FOLHA

comentários

| Rádio 97 FM Colatina '); }
Estúdio Ao Vivo