20 de maio de 2018 às 02:00

Chef d'A Casa do Porco, Jefferson Rueda expande negócios com sorveteria no centro

Raquel Cunha/Folhapress Jefferson Rueda, chef da Casa do Porco

MARÍLIA MIRAGAIA

Junho, o mês da Festa Junina, vai começar com sorvete de milho. Ao menos no que depender da Sorveteria do Centro, que o chef Jefferson Rueda abre no dia 31 de maio, na República.

A portinha com balcão fica colada ao Hot Pork (de cachorro-quente) e a dois quarteirões d'A Casa do Porco (voltada aos suínos), ambos de Rueda. A última era, até então, palco único para as criações da pâtissière Saiko Izawa, a melhor confeiteira da América Latina, segundo o prêmio 50 Best regional.

É ela, com sua delicadeza, a responsável pelo sorvete ao estilo soft, aquele tradicional de máquinas de rua -só que feito ali sem base pronta ou corante, artesanalmente.

"A ideia surgiu quando caminhava pela Sete de Abril. A cada esquina se vê uma máquina de soft com misturas industrializadas. Quis mostrar que é possível fazer um produto popular com qualidade", diz Rueda.

Os sabores oferecidos, que mudam de tempos em tempos, devem ser por agora milho, jabuticaba, leite com baunilha e morango (R$ 8, cada um), pedidos sozinhos ou misturados. E sempre no cone. Cone?

"Me incomoda chamar de casquinha. Desvaloriza o conteúdo", explica Saiko. Ela também vai preparar uma "versão finalizada como sobremesa" (R$ 12). A de milho pode levar paçoca e pipoca doce e a de jabuticaba, uma cobertura da fruta e um moti apelidado de pele de bebê no Japão, de tão macio.

*

Dicas rápidas de quitutes

Viva México!
O Holy Burger abre especialmente domingo, dia 27, para uma celebração mexicana. Das 12h às 22h, serve um cardápio com cinco receitas inspiradas naquele país -entre elas um burger, a vocação da casa. Além dele, pode-se pedir também tacos (duas unidades, com peixe e frango; R$ 30).


R. Dr. Cesário Mota Júnior, 527, Vila Buarque, tel. 4329-9475

Para ficar
No começo do ano, o Ritz lançou uma edição de hambúrguer por tempo limitado. A ideia deu tão certo que agora é permanente: a cada três meses, o restaurante vai servir uma receita diferente. A que acaba de chegar ao cardápio é preparada com disco de 200 gramas, cebola caramelizada, tomate assado, molho poivre, agrião e queijo emmenthal (R$ 49, com direito a um acompanhamento, como fritas ou os famosos bolinhos de arroz da casa).


Al. Franca, 1088, Jardim Paulista, tel. 3062-5830 e nas outras unidades

Nas nuvens
A Bráz acaba de adicionar ao menu a nuvola (nuvem), pizza de massa leve e aerada, com bordas altas. A receita é resultado de uma dupla maturação e fermentação de 48 horas do disco, processo desenvolvido por Raffaele Mostaccioli e equipe. Pode receber todas as coberturas disponíveis na casa.


R. Vupabussu, 271, Pinheiros, tel. 3037-7975 e outras unidades

Fonte: FOLHA

comentários

| Rádio 97 FM Colatina '); }
Estúdio Ao Vivo