16 de setembro de 2020 às 16:06

Kanye West posta vídeo urinando em estatueta do Grammy em protesto contra gravadoras

Rapper disparou uma série de críticas no Twitter contra os contratos de gravações oferecidos pelas empresas

Kanye West voltou a ser um dos assuntos mais comentados nas redes sociais nesta quarta-feira (16). O rapper, que vem protestando contra a indústria fonográfica, postou um vídeo urinando em uma de suas estatuetas do Grammy.
Na gravação, o gramofone aparece dentro de uma privada, enquanto o cantor supostamente faz xixi em cima dele. "Acredite em mim... eu não vou parar", escreveu West na legenda da publicação. O músico é um dos maiores vencedores da premiação, colecionando 21 estatuetas no total.
Veja:

Trust me ... I WONT STOP pic.twitter.com/RmVkqrSa4F

— ye (@kanyewest) September 16, 2020
Kanye West tem atacado a indústria da música em uma série de tuítes postados nesta semana, dirigidos especialmente às gravadoras Sony e Universal, que, segundo ele, estariam lhe impedindo de comprar algumas de suas gravações antigas.
O músico ainda afirmou que os contratos oferecidos pelas empresas "extorquem" e "escravizam" os artistas. "Por favor, me cubram de orações... Eu sou uma das pessoas mais famosas do planeta e a Universal não quer me dizer quanto custa o meu catálogo porque eles sabem que eu posso bancar", escreveu o rapper.
"Todos na Universal e Vivendi, por favor, entendam que eu vou fazer qualquer coisa que esteja em meu poder legal e usar minha voz até que todos os contratos dos artistas sejam modificados. Começando por dar o meu catálogo de gravações aos meus filhos, eu não vou parar", continuou.

EVERYONE AT UNIVERSAL AND VIVENDI PLEASE UNDERSTAND THAT I WILL DO EVERYTHING IN MY LEGAL POWER AND USE MY VOICE UNTIL ALL ARTIST CONTRACTS ARE CHANGED STARTING WITH GETTING MY MASTERS FOR MY CHILDREN I WILL NOT STOP I PROMISE YOU IM AM PETTY AND VERY PERSONAL

— ye (@kanyewest) September 16, 2020
Em seguida, West divulgou aproximadamente 10 páginas de contratos confidenciais com a Universal Music, pedindo para que advogados online pudessem dar uma olhada nos termos. "90 por cento dos contratos de gravação no planeta ainda estão em royalties. Um contrato de gravação padrão é uma armadilha para que você nunca o recupere, e há todos esses custos ocultos como 'taxas de distribuição', que muitas gravadoras colocam em seus contratos para ganhar ainda mais dinheiro fora do nosso trabalho, mesmo sem tentar", acrescentou West em mais um de seus posts.
O músico ainda convocou outros astros para que apoiassem sua causa, incluindo Taylor Swift, com quem já teve problemas no passado. "Bono, pode retuitar, eu te amo. Paul, pode retuitar, eu amo você. Drake, Kendrick e até mesmo a Taylor, precisamos de vocês agora", escreveu.

Bono can I get a retweet Love you Paul can I get a retweet love you Drake Kendrick even Taylor We need you right noooooow ?

— ye (@kanyewest) September 16, 2020

Fonte: Vagalume

comentários

Estúdio Ao Vivo