12 de julho de 2018 às 00:00

Mortes: Vicentino no nome e na caridade que realizava

Vicente de Paula Gonçalves foi assim batizado por causa do santo, de quem o pai era devoto e mais tarde ele também seria. Sua paixão era ajudar a todos, especialmente aos pobres. Acordava bem antes do sol despontar no céu e a primeira coisa que fazia era

Vicente de Paula Gonçalves foi assim batizado por causa do santo, de quem o pai era devoto e mais tarde ele também seria. Sua paixão era ajudar a todos, especialmente aos pobres. Acordava bem antes do sol despontar no céu e a primeira coisa que fazia era rezar seu rosário.

Começou a trabalhar cedo com o pai lavrando plantações e cuidando dos bois, em Dores do Paraibuna, no distrito de Santos Dumont, em Minas Gerais. Era o mais velho de sete irmãos e irmãs.

Nos anos 1970, rumou de Minas a Mogi das Cruzes, na região metropolitana de São Paulo, em busca de um novo ofício. O restante da família seguiria seus passos e mudaria, anos mais tarde, para a mesma cidade.

No interior paulista, se tornou operador de caldeira, casou, construiu a própria casa e teve duas filhas. Além de trabalhador incansável, era um aquariano genioso, corintiano roxo e churrasqueiro dos finais de semana. 

Era cuidadoso com as galinhas, cachorros e passarinhos que criava. Chegava até a dividir sua comida com os cães.

Católico fervoroso, levou as filhas para ajudar no trabalho como vicentino. Idealizou uma cesta de Natal especial para as famílias pobres da comunidade em que atuava. Arrecadava frangos, refrigerantes e brinquedos. Até se vestia de Papai Noel para alegrar as crianças.

Divorciado e trabalhando como mestre de obras, sua generosidade seguiu como marca registrada. Visitava a mãe todos os dias, ajudava a família e seguia acreditando no poder milagroso das orações.

O coração imenso de Vicente ficou pequeno dentro dele, no dia 5 de julho. Um infarto fulminante o levou para junto de Deus, deixando as filhas, a mãe, os irmãos e as irmãs na saudade e gratidão eterna por tudo que ele semeou em vida.

coluna.obituario@grupofolha.com.br

Veja os anúncios de mortes

Veja os anúncios de missas??????? 

Fonte: FOLHA

comentários

| Rádio 97 FM Colatina '); }
Estúdio Ao Vivo